Seu produto é conhecido pela região onde é produzido? Bora registrar isso como uma marca de INDICAÇÃO GEOGRÁFICA?

Já ouviu falar em Vinho do Porto? Vale dos Vinhedos? Champagne? Queijo da Serra da Canastra? Frutas do Vale do São Francisco? Linguiça de Maracaju? Cacau em Amendoas de Linhares? Cachaça de Abaíra? Doces de Pelotas? Cachaça de Parati? Café da Mantiqueira? Cachaça de Salinas? Café do Serrado? Biscoitos São Tiago? Mel da Ortigueira? Pois é, essas e milhares de marcas conhecidas mundialmente ou regionalmente são indicações geográficas. 

Alimentos em geral e bebidas são os tipos de produtos mais comuns que proporcionam o registro de uma indicação geográfica devido as características e condições de produção como cultura, solo e clima que proporcionam qualidades e características únicas aos produtos ali produzidos. 

Mas existem muitos outros produtos que podem virar uma indicação geográfica por sua característica única, como por exemplo o mármore de Cachoeiro de Itapemirim, a Renda Renascença do Cariri Paraibano, Bordado Filé de Alagoas, Artesanato em Capim Dourado da região do Jalapão, Artesanato em Estanho de São João Del Rei, Peixes Ornamentais do Rio Negro, Calçados de Franca, Couro do Vale do Sinos. 

Se na sua cidade ou região é produzido um produto diferenciado, com peculiaridades exclusivas e características únicas, isso precisa ser registrado como marca de Indicação Geográfica. Fazendo isso você estará agregando valor, gerando mais renda para a população regional e garantindo que essa marca regional seja de propriedade de quem realmente trabalha nessa região. 

Nós da Sanviz estamos prontos para realizarar esse trabalho. Fale conosco!